A associação

História

História

A Associação Comercial e Industrial de Vila Nova Famalicão (ACIF) nasce a 2 de Outubro de 1941, com a designação de “Grémio do Comércio do Concelho de Vila Nova de Famalicão” e a sua sede localizava-se no Campo Mouzinho de Albuquerque.

Após o 25 de Abril de 1974, com a extinção dos Grémios, são elaborados novos estatutos surgindo a 30 de Abril de 1975 a nova associação com a designação de “Associação Comercial de Vila Nova de Famalicão”, cujo princípio orientador é a defesa dos interesses dos comerciantes e empresários, visando tornar-se num pólo disciplinado do comércio do concelho. Em 1996, esta Associação Comercial passa também a representar os interesses dos industriais de Vila Nova de Famalicão, evoluindo a sua designação para “Associação Comercial e Industrial de Vila Nova de Famalicão”. Surgiu assim, de novo, o espírito dos fundadores da Associação: “Todos Unidos Somos Mais Fortes”. A partir de então, desde a micro à grande empresa, desde o empresário em nome individual à sociedade anónima, não só o Comércio, mas também a Indústria e os Serviços passam a poder aderir à ACIF, usufruindo de todas as vantagens que a Associação pode oferecer. Actualmente, a ACIF assume-se como uma instituição sólida e interventiva no tecido comercial e industrial do concelho. Consciente da sua importância no contexto do desenvolvimento sócio

económico da região do Vale do Ave, pretende constituir-se como um dos pólos aglutinadores e dinamizadores de sinergias para o incremento da actividade económica. Confrontada com a realidade dos nossos dias, e adaptando-se a ela, a Associação determinou uma viragem na sua política geral de actuação e organização. Para melhorar a oferta dos seus serviços aos associados reorganizou as suas estruturas internas, criando departamentos perfeitamente definidos e dinâmicos: Departamento de Apoio ao Associado, Departamento de Formação, Departamento de Projectos de Investimento, Departamento Jurídico e Departamento de Comunicação e Marketing. Desde a sua constituição, esta Associação tem percorrido várias fases, sendo que em todas elas há um objectivo premente de satisfazer as necessidades dos seus Associados. Para conseguir atingir os seus propósitos, a Associação tem feito um esforço constante de adaptação e modernização dos seus recursos físicos e humanos, procurando equipar-se com os meios necessários para assegurar um serviço informativo contínuo e eficaz para os seus Associados.